terça-feira, 1 de dezembro de 2009

A rosa azul

Postado por Gisele Moraes às 17:58

Num lugar não muito distante, vivia uma bela menina chamada Caroline. Ela tinha 14 anos e esperava com ansiedade a chegada de seus 15 anos, que estavam muito próximos.
Seus pais iam oferecer-lhe de presente um cruzeiro de 7 dias num luxuoso navio. Este era o motivo de tanta ansiedade, pois ela viajaria sem os seus pais acompanhando: já era uma moça - pensava.
Enfim chegou o grande dia! Muito emocionada, despediu-se de seus pais e embarcou no grande navio.
Depois de embarcar, resolveu dar um passeio pelo navio para explorá-lo. Foi quando encontrou o rapaz mais lindo que já havia visto em sua vida...
Ele perguntou:_Como você se chama?
Ela respondeu, meio gaguejando e com o coração aos saltos:_Ca-Caroline.
_Muito prazer, eu sou Charles, disse o rapaz.
Eles passaram a tarde conversando. Ao final do dia, Caroline foi para sua cabine descansar. Quando acordou, encontrou debaixo de sua porta uma rosa azul e um bilhete que dizia: "Para a garota mais linda que meus olhos já viram!" Emocionada, cheirou a rosa, guardou o bilhete e preparou-se para encontrar-se com Charles no salão principal. Passaram o dia todo juntos, rindo, conversando... Ela mal podia acreditar como eles tinham tantas afinidades! Ao final da noite, Charles acompanhou Caroline até seu camarote e despediu-se com um longo beijo...
Assim se passaram 6 dias, e em cada manhã Caroline encontrava um bilhete carinhoso e uma rosa azul.
Chegou o último dia do cruzeiro. Era a noite de gala do Capitão. Caroline estava muito emocionada e ao mesmo tempo triste, pois iria dançar a valsa com Charles, mas talvez esta seria a última vez que iria vê-lo...
A noite foi maravilhosa! Charles e Caroline dançaram a valsa com paixão... Formavam um casal tão lindo que todos ao redor os admiravam.
Quando o baile de gala terminou, Caroline e Charles subiram até o camarote. Segura de seu amor, Caroline decidiu que desta vez não iria se despedir só com um beijo e entregou-se à Charles de corpo e alma, entregando assim o tesouro mais precioso de sua  vida: "Seu Amor".
 No outro dia, Caroline acordou mas não encontrou Charles ao seu lado e nem a rosa azul. Só encontrou um pequeno cofre de prata, todo entalhado em rosas, com um bilhetinho que dizia:"Foi uma noite maravilhosa! Por favor, só abra este cofre quando chegar em casa! Com amor, Charles."
Quando Caroline finalmente chegou em casa, abraçou seus pais e correu para o quarto ansiosa para abrir o cofre que Charles havia lhe dado.
Ao abrir o cofre, uma lágrima rolou de seu rosto...
Dentro havia uma rosa azul murcha e um bilhete que dizia:"Bem vinda ao mundo da AIDS".



(autor desconhecido)


Você está surpresa e decepcionada com o desfecho da história?
Pois tenha cuidado! A AIDS não escolhe só os outros, pode te escolher também! E ela não tem rosto, por isso pode se esconder atrás de um rosto aparentemente bonito e saudável.
Você é muito especial para os que te amam, por isso, cuide-se sempre!







1 comentários:

Cátia Raposo on dezembro 02, 2009 8:27 PM disse...

Nossa Gi..onde você arruma estas histórias emocionantes?!
Quase chorei também...coitada!!!

Mas é verdade, o mundo taí, inpreguinado de maldade e males de todos os tipos...cabe a nós nos precaver !
Valeu amiga...concientização é tudo hoje em dia!
gde bjo!

PS:fico feliz de vc ter retomado as postagens...adoro tudo q vc escreve! Bjão!

Related Posts with Thumbnails
 

Mundo Mulher Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare